Loading...

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Seis passos para uma igreja pequena fazer missões




1 - Confie no grande Deus  

Devemos entender que o plano de Deus para a igreja, não importa o seu tamanho, é a implantação do seu reino por meio de pregação do evangelho a todas as nações. O que faz a diferença é o tamanho de nosso Deus. Ele disse: “Invoca-me, e te responderei; anunciar-te-ei cousas grandes e ocultas, que não sabes” (Jr 33.3). A Bíblia afirma que Deus “é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos, ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós” (Ef  3. 20-21).

Às vezes olhamos para nossa incapacidade e fraqueza, para o tamanho de nossas igrejas, para a situação financeira e ficamos desanimados, dizendo que é impossível. Mas isso está errado! Precisamos olhar para Deus e crer em seu poder, pois ele é grande  e quer fazer coisas grandes. Do nada ele cria tudo! Aleluia! Precisamos orar como o rei Josafá: “Porque em nós não há força...porém os nossos olhos estão postos em ti” (2 Cr 20.12). Aqui está o segredo da vitória: tire os olhos das circunstâncias e coloque-os no grande Deus, e ele transformará nossas igrejas em verdadeiras bases missionárias.  

2 - Inicie um movimento de oração  

Por meio da oração, a igreja pode fazer um movimento missionário e atingir nações. Desafie os membros  de sua igreja a orar em casa, no trabalho, nos momentos de folga, na igreja, etc. Pela oração, vidas serão tocadas por Deus; portas, abertas; missionários, abençoados; vidas, salvas. Mais adiante darei alguns passos práticos para o início de um grande movimento de oração em sua igreja, não importa o tamanho dela.  

3 - Treine os crentes para a evangelização pessoal  

Descobri uma coisa interessante em meu ministério: os crentes não evangelizam porque não sabem fazê-lo. Antigamente eu pensava que se tratava de falta de consagração, de falta de fé, de desânimo etc., mas logo descobri que o grande problema era a falta de um ensino prático.

Certo domingo preguei, sobre a importância de o crente ganhar vidas para Cristo. Durante minha pregação exortei a igreja, afirmando que todo crente deve ser um ganhador de almas e que o crente que não ganha almas está em pecado, etc. Após o culto um jovem venho falar comigo e disse: “Pastor, você fica o tempo todo nos dando chicotadas do púlpito, nos exortando a ganhar vidas para Cristo, mas nunca nos ensinou a fazê-lo.”

Confesso que tive de reconhecer meu erro e dar a mão à palmatória. Pedi perdão àquele jovem e disse  que iria providenciar o treinamento. Naquela época convidei a equipe da Cruzada Estudantil e Profissional para Cristo para vir dar um treinamento de evangelização e discipulado para a igreja; telefonei-lhes e perguntei se tinha um treinamento para a igreja.  

Eles me informaram que sim e que necessitavam de um período de 12 horas/aula. Agendei o mês de outubro e usei o tempo do culto e da escola dominical nos quatro domingos daquele mês para o treinamento. Foi maravilhoso o trabalho do Espírito Santo,  que levou os crentes a entender que podem pregar o evangelho.

No terceiro domingo de treinamento, preparamos uma surpresa para os membros da igreja.

Cheguei mais cedo com a Equipe da Cruzada, colocamos uma mesa na calçada da igreja, fechamos  o portão e esperamos os crente chegarem.

Cada um que chegava perguntava: “O que aconteceu, pastor? Não haverá treinamento hoje?” Logo explicávamos que iríamos fazer uma experiência  e enviávamos pares a evangelizar na praça; pedimos que voltassem ás 11h para darem testemunhos.

Lembro-me  do testemunho de um diácono que falou com lágrimas nos olhos: “Pastor, sou crente há mais de 30 anos e nunca alguém orou comigo entregando a vida a Cristo, mas nesta manhã eu tive a alegria de ver alguém orando comigo, convidando  Cristo para entrar em sua vida. Aleluia!”.

Hoje o treinamento em evangelização faz parte da instrução dos novatos na Escola Dominical, e a meta é que todos os membros da igreja saibam explicar o plano de salvação, levar uma pessoa a orar recebendo Cristo como Senhor e Salvador e dar os primeiros passos no discipulado.  

4 - Desafie pessoas para o campo missionário  

Mediante pregação, ensino, recomendação de livros, etc., você pode desafiar pessoas a se entregarem para a obra de missões. Creio que em  toda igreja há pessoas vocacionadas para o campo missionário. Então pregue, desafie e procure identificar essas pessoas, dando-lhes o apoio necessário no discipulado pessoal, no encaminhamento para o preparo adequado. Não somente desafie, mas também apóie os vocacionados. Muitos pastores estão pecando ao deixar de apoiar , ajudar e orientar aqueles que têm sido chamados por Deus para  a obra missionária. Talvez por medo de perderem o lugar, por ciúmes ou por irresponsabilidade. Se há em sua igreja algum membro chamado por Deus  para o ministério,  dê-lhe todo apoio, pois você estará colaborando para a expansão do reino de Deus. Não tema ! O mesmo Deus que o colocou no ministério é poderoso para mantê-lo ou tirá-lo dele, de acordo com sua  soberana vontade.  

5 - Desafie os crentes a contribuir financeiramente  

Uma  igreja pequena pode fazer muito para missões mediante contribuição financeira dos seus membros. Deus não está olhando para o tamanho da sua oferta, mas sim para o tamanho do coração da pessoa que deu a oferta. Lembra-se da oferta da viúva pobre? Sua  oferta foi maior que as das outras pessoas porque ela deu todo o coração  (Lc 21. 1- 4).

Além disso Deus é poderoso para multiplicar qualquer oferta, como ele fez na multiplicação dos pães. Eu sou testemunha disso. Deus faz milagres nas finanças da Igreja quando  esta coloca missões em primeiro lugar. Mas adiante quando falar sobre finanças, vou contar alguns desses milagres.

Conheço famílias que estão sustentando parentes no campo missionário. Muitas vezes, quando encontro algum missionário, pergunto-lhe: “Quem está sustentando?” De vez em quando, a resposta é: “Meus pais, meus irmão, etc.” Então pergunto: Quantos são? Às vezes, cinco ou seis pessoas estão se unindo e sustentado  um missionário no campo. Qual o tamanho da sua igreja? Mesmo que seja de cinco ou seis pessoas, se elas forem desafiadas e assumirem a responsabilidade, poderão se unir e sustentar missionários no campo, assim como algumas famílias estão fazendo. Desafie o seu povo a contribuir financeiramente!  

6 – Associe sua igreja a outra para enviar missionários  

Uma igreja pequena pode fornecer pessoas e dinheiro para a obre de missões. Mas, às vezes, não tem condições de levantar todo o sustento financeiro necessário;  portanto, poderá se unir a outra igreja e, juntas, enviar o missionário. Vou contar uma experiência marcante em minha vida. O pastor de uma igreja pequena veio à nossa convenção missionária e foi desafiado a fazer missões por meio de sua igreja. Voltou disposto a fazer de sua igreja uma igreja missionária. Desafiou o seu povo, e a resposta veio. Iniciou-se um movimento de oração e de contribuição financeira. Quando arrecadaram o dinheiro das ofertas mensais para missões, não sabiam como aplicá-lo e, então, pediram à nossa igreja a oportunidade de participar do sustento de uma de nossas missionárias na África. Consultei nossa igreja, e todos com alegria aceitaram formar uma sociedade com a outra igreja para, juntas, sustentarmos a missionária. Agora, aquele mesmo pastor está partindo para o campo, e as duas igrejas juntas vão participar do seu sustento.
Uma igreja pequena pode e deve fazer missões. Tudo depende de ser desafiada, de receber a visão e de aceitar a responsabilidade.

Deus está no controle




Nesta vida passamos por provas. Se não estivermos preparados, pereceremos. Às vezes a prova vem em forma de tentação. Outras vezes são as dificuldades do caminho. Está escrito: “Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar.”1 Coríntios 10:13 e: “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” João 16:33. Então podemos ter certeza que Deus está sempre no controle de tudo. Não há nada impossível que Ele não possa resolver. Essa certeza tem que se o combustível que nos leva sempre a caminhar para frente sem olhar para traz. Deus é bom. Ele quer nos abençoar. Basta somente nós confiarmos Nele e a cada dia viver em novidade de vida. Temos que ser melhor a cada dia. Orarmos sem cessar. Pregarmos para todos que passar por nós. Sermos pacientes na tribulação. Colocarmos tudo na presença de Deus e o mais Ele vai fazer por nós. Aleluia!

Rodirlei Vasconcelos

As misericórdias do Senhor



Somos privilegiados por viver com saúde e protegidos por Deus. As misericórdias de Deus são a causa de não sermos consumidos. Por isso vivemos e aprendemos a amar uns aos outros com o doce amor vindo Dele. Durante toda nossa vida temos que conviver com pessoas. Cada pessoa tem suas particularidades que podem ou não nos influenciar nos levando a aceita-las ou odiá-las. Quando aceitamos tais pessoas, fica mais fácil desenvolver algum tipo de afeto que pode ser aumentado com o tempo de convivência. Agora, quando não conseguimos desenvolver algum tipo de afeto, o tempo de convivência só tende a piorar a relação. É aqui que entra nossa concepção bíblica que nos leva a amar mesmo quando achamos que é impossível. Jesus vai além e diz: “se amarmos quem nos amam, qual é a vossa recompensa? Porque até os pecadores amam aos que os amam.” Lucas 6:32. Então, que estamos esperando? Que estamos analisando? Devemos AMAR incondicionalmente o próximo sem pré-análises, sem ressalvas na certeza que somos apenas servos do Deus Altíssimo e que devemos cumprir, acima de tudo, o que Ele tem preparado para nós. Louvado seja nosso maravilhoso Deus. Aleluia!

Rodirlei Vasconcelos

O senhor te sara



Nada sei e meus pensamentos nada valem sem a presença do meu grande Deus. Não adianta tentar resolver todo o problema sozinho. Só meu Deus pode me ajudar. E quantas vezes tentei ir sozinho achando que ia conseguir. E quantas vezes chorei desolado achando que era o fim. Mas Jesus olhou para mim, veio e enxugou minhas lágrimas e me ajudou na caminhada. Jesus se fez presente do meu lado e me disse: “ Se ouvires atento a voz do SENHOR teu Deus, e fizeres o que é reto diante de seus olhos, e inclinares os teus ouvidos aos seus mandamentos, e guardares todos os seus estatutos, nenhuma das enfermidades porei sobre ti, que pus sobre o Egito; porque eu sou o SENHOR que te sara. Êxodo 15:26 Hoje caminho feliz e tenho a certeza que não estou sozinho e sei que posso vencer as lutas que tentam me afastar de Deus. Dias após dia vou prosseguir com meus passos firmados no Senhor Jesus. Amém!

Rodirlei Vasconcelos

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Whitney Houston: vida e morte



Whitney
Ela nasceu Whitney Elizabeth Houston em um bairro com padrão de classe média na cidade de Newark,  New Jersey, Estados Unidos, em 9 de agosto de 1963. Viveu lá até seus quatro anos de idade, quando a família mudou-se para a cidade de East Orange.
 .
Caçula de uma família de três filhos, seu pai era John Russell Houston Jr  e a mãe era Cissy Houston. A mãe, sua prima, Dionne Warwick e a madrinha, Aretha Franklin, eram cantoras do gospel, Rhythm and Blues e soul. Além dessas influências ao canto, recebeu influência direta da convivência com a cantora Roberta Flack.
.
Recebeu de sua ancestralidade a genética do sangue de escravos africanos, nativos indígenas, imigrantes italianos e holandeses. Teve na infância a influência cristã evangélica, aos onze anos cantava no coral de uma Igreja Batista, e conviveu no meio do movimento pentecostal. Este composto genético trouxe ao mundo uma mulher com cordas vocais potentes e uma bela voz em timbre soprano. Dona de pulmões poderosos, como poucas pessoas, ela soube aproveitar a caixa torácica e o diafragma em nível técnico excelente. A influência do seu círculo de origem musical com certeza a impeliu a cantar. E ela quis cantar além do estilo R & B, soul e gospel, misturou as influências do canto, mesclou teclados e sintetizadores, criou o seu estilo próprio, que surpreendeu a todos.
.
Em 1978, ela registrou pela primeira vez sua voz num disco de sua mãe, Think It Over. E depois passou a fazer vocais em discos de famosos, como Chaka Khan e Jermaine Jackson, irmão do famoso Michael.
.
Em 1980, aos dezesseis anos, Whitney usou a beleza para ganhar dinheiro, começou a fotografar como uma modelo profissional para revistas importantes. Tornou-se a primeira mulher negra a aparecer numa revista de moda depois de ilustrar e ter a imagem bem recebida nas páginas da revista Seventeen. Posteriormente, apareceu na Glamour e revista Cosmopolitan, e outras. No mesmo ano, apareceu cantando e dançando em comercial do refrigerante Canada Drink, na televisão. Desde jovem ela demonstrou consciência social. Como modelo, se recusou a trabalhar para agências que faziam negócios com a África do Sul, devido ao regime do apartheid.
..
No começo da década dos idos de 1980, Whitney Houston namorou o jogador de futebol americano Randall Cunningham, e depois o ator Eddie Murphy.
.
Em 1983 ela assinou seu primeiro contrato como cantora, na gravadora Arista Records, contrato de gravação para distribuição mundial. Naquele ano, ela fez sua estreia nacional na televisão no programa The Merv Griffin Show. Dois anos depois estava nas lojas seu primeiro disco, que tinha seu nome. O álbum bateu o True Blue, de Madonna, nas vendagens, vendeu 25 milhões de cópias e foi apontado como o álbum de estreia mais bem vendido de todos os tempos.
.
No ano de 1987 ela lançou o segundo álbum, e foi a artista mais vendida nos Estados Unidos e Reino Unido. Ela também conseguiu o feito de colocar sete músicas no primeiro lugar das paradas de sucesso no ranking da revista Billboard, ultrapassando os Beatles e os Bee Gees, que haviam alcançado seis. Até hoje ela não foi superada. 
.
Em 1989, Whitney criou a Fundação Whitney Houston for Children, instituição sem fins lucrativos, voltada às crianças carentes, diabéticas, aidéticas e vítimas de câncer. Através dela, promoveu shows de caridade. O show Classic Whitney, televisionado pela HBO, arrecadou 300 mil dólares. Ao longo da carreira, sua filantropia também focou a educação dos negros, integrando-os em universidades. No mesmo ano, embarcou numa turnê com BeBe & CeCe Winans fazendo backing vocal, mostrando que o sucesso não fez perder a cabeça.
.
Em janeiro de 1991, ela cantou The Star Spangled Banner (o hino nacional norte-americano) no 25º Super Bowl em Tampa na Flórida. Depois lançado como single e vídeo, se tornaria a única versão do hino nacional norte-americano a virar um "hit", vendendo um milhão de cópias. O dinheiro arrecadado com as vendas do single foi revertido à Cruz Vermelha Norte-Americana. Ainda em 1991, Whitney usou sua identificação com o público em prol das vítimas da Guerra do Golfo, quando fez um show beneficente exibido pela HBO sob o título Welcome Home Heroes with Whitney Houston.
.
Em 1992, estrelou ao lado de Kevin Costner o filme O Guarda-Costas. Estrondoso sucesso de bilheteria, gerando mais de 500 milhões de dólares no mundo todo. Ela colocou a voz em seis novas canções para a trilha-sonora do filme. I Will Always Love You ultrapassou todas as expectativas, tornou-se um mega "hit" para a cantora, a décima música a alcançar o primeiro lugar nos Estados Unidos, permaneceu 14 semanas no topo dos sucessos, foi  o single com mais cópias vendidas nos Estados Unidos, dez milhões.
.
Também em 1992, casou-se com o cantor Bobby Brown e chocou a todos. Ela tinha uma imagem serena enquanto ele era considerado um bad-boy, e era pai de filhos em relação anterior. A união estranhada tinha razão de ser, pois o matrimônio provocou diversos escândalos. Separou-se em 2007. Brown, enquanto marido foi preso diversas vezes, após a separação foi preso por deixar de pagar a pensão para seus filhos.
.
Em 1993 seu pai faleceu. Nasceu Bobbi Kristina, a filha dela com Bobby Brown. Acusou o marido de praticar violência doméstica. Viajaram à Israel, e ela revelou que nunca se sentiu tão bem quanto havia se sentido naquele país.
.
Em 1994 ela esteve no Brasil em turnê por São Paulo e Rio de Janeiro. E, nos Estados Unidos, ao lado de Pelé apareceu no gramado do jogo Brasil e Itália, quando cantou no desfecho da Copa do Mundo de Futebol. 
.
1995 foi ano de outro filme e novo single bem-sucedidos. Whitney Houston foi homenageada por seu trabalho filantrópico pelo VH1 Honors, em reconhecimento ao seu trabalho humanitário.
..
No ano de 1996 Whitney filmou com Denzel Washington, ator cristão, o remaker The Preacher's Wife (no Brasil, Um Anjo em Minha Vida). Quando lançou o único álbum gospel da carreira, trilha-sonora do filme, e o mesmo se transformou no álbum gospel mais vendido da história, também indicado ao Oscar de melhor trilha-sonora original. Ela cantou catorze das quinze quinze faixas do álbum, incluindo os "hits" I Believe in You and Me e Step by Step.
.
1997: Whitney rodou um especial para o canal de televisão ABC, como atriz e produtora, uma versão do clássico Cinderela, interpretando a Fada Madrinha. A atração foi recorde de audiência, mais de sessenta milhões de telespectadores. A produção entrou para a história como um dos programas mais vistos na televisão norte-americana. Recebeu o The First Annual Triumphant SPIRIT Awards daEssence Magazine, em reconhecimento ao seu trabalho humanitário.
.
No ano de 1998 gravou um dueto com Mariah Carey, When You Believe, para a trilha-sonora do filme animado O Príncipe do Egito. O single ganhou o Oscar de Melhor Canção Original. Ainda em 1998, lançou novo álbum, My Love Is Your Love, que não era trilha-sonora de filme, como os lançados nos oito anos anteriores. O álbum vendeu doze milhões de cópias no mundo todo, sendo cinco milhões somente nos Estados Unidos e Whitney ganhou seu sexto Grammy. Saiu em turnê e ganhou elogios de público e crítica. E recebeu o Trumpet Awards, em reconhecimento ao seu trabalho humanitário.
.
Em 1999 Whitney lançou o álbum duplo The Greatest Hits, uma compilação dos maiores "hits", ao lado de inéditas e remixes, o lançamento vinha acompanhado de DVD com entrevistas, imagens de bastidores e de videoclipes. Neste mesmo ano também participou do projeto Divas.
.
Em 2000 a cantora esteve afastada do público.
.
Em 2001, voltou aos holofotes em Nova York, para homenagear Michael Jackson, que celebrava  trinta anos de sua carreira solo.  Após esse concerto, houve boatos que Whitney Houston havia morrido. Devido aos ataques terroristas do 11 de Setembro o single The Star Spangled Banner foi relançado e se tornou top de vendas nas paradas americanas, arrecadando mais de 1 milhão de dólares. O dinheiro arrecadado foi doado para fundos de apoio aos bombeiros e à polícia de Nova York.
.
Em Dezembro de 2002, Whitney lançou Just Whitney. A cantora revelou ao seu público que era consumidora de cocaína, maconha, alcool e outras drogas. Entrou no foco de tablóides devido os problemas. Respondeu duramente todas as críticas de ordem pessoal. A repercussão deixou a desejar. E fracassou.
.
Em 2003, a MTV americana juntamente com a Revista Blender nomeou Whitney como a terceira maior cantora entre as 22 Maiores Vozes da música por votação online e por leitores da revista. Em Novembro, lançou um álbum de Natal, One Wish: The Holiday. A faixa inédita ficou por conta de One Wish, música que deu nome ao álbum, considerado o melhor do estilo gospel contemporâneo.
.
Em 2004, a cantora passou por cinco dias de internação em clínica de reabilitação do vício em drogas. Em Fevereiro, doou um milhão de rublos para o Russian Aid Fund (Fundo de Apoio Russo) para ajudar as vítimas de um ataque terrorista no metrô de Moscou. Os fundos foram criados por suas performances em Moscou naquele ano. Em 14 de Setembro, fez uma interpretação ao vivo de I Believe In You And Me e I Will Always Love You  no World Music Awards, como tributo a seu produtor e antigo amigo Clive Davis.
.
2005 também foi marcado por internamentos devido aos mesmos motivos. E por embarcar na turnê internacional Soul Divas, acompanhada de Dione Warwick e Natalie Cole. Foi também o ano em que Whitney participou do Being Bobby Brown. Neste programa de televisão, um reality show, o público da cantora vislumbrou os altos e baixos dela, a sua privacidade foi muito devassada. Seu comportamento bruto e aparência nervosa no programa foram considerados fatores de seu declínio na carreira.
.
Em 2006, envolvida em escândalos por ser usuária de drogas, Whitney divorciou-se do cantor Bobby Brown alegando sofrer violências domésticas praticadas por ele. Contudo, afirmou estar bem, referindo-se às dependências do álcool e química. Apareceu em eventos públicos usando a grife Armani ao lado da prima Dionne Warwick, foi ovacionada pelo público. Apareceu na capa da revista brasileira Raça Brasil, que a homenageou por lutar contra seu vício.
.
No ano de 2007, Whitney foi eleita a A Rainha da Balada, pelo site Black American Web, que destacou sua trajetória como cantora, detalhando seus feitos. Anunciou-se retorno da cantora em 2009 com CD de músicas inéditas.
.
Em 8 de maio 2008, participou em Londres do evento beneficente Caudwell Children’s Legend Ball, para levantar fundos para crianças. O fundador da instituição, John Caudwell, em entrevista à revista Marie Claire disse: “Estamos entusiasmados em ter uma artista do calibre da Whitney”. Vivendo em Laguna Beach, próxima de Warren Boyd, seu consultor que a ajudou no problema com as drogas. A cantora dedicou-se à filha Bobbi Kristina e também à sua nova produção fonográfica. Ela renovou contrato com a gravadora Arista Records por 100 milhões de dólares, o acordo seria para diversos álbuns.
.
31 de Agosto de 2009. A espera terminou. Foi lançado o aguardado álbum de retorno de Whitney Houston, intitulado I Look To You.  A estreia aconteceu com 305 mil cópias vendidas na primeira semana, posto dos mais vendidos nos Estados Unidos, e o primeiro lugar em mais doze países.
.
Em 14 de Setembro de 2009, Whitney Houston pôs fim ao silêncio após sete anos calada, apareceu no programa The Oprah Winfrey Show. A cantora respondeu sobre a relação conturbada com o ex-marido, fé, família, problemas com as drogas. Depois, fez excursão promocional pelas televisões euroréias para promover o disco. Precisou interromper turnê na Europa devido probleamas de saúde. No mesmo ano, foi homenageada no American Music Awards em Los Angeles, recebeu troféu das mãos do ator Samuel L. Jackson e agradeceu ao público por recebê-la de volta ao showbiz. Foi aplaudida de pé.
.
No início de 2010, Whitney relançou uma edição especial de seu primeiro álbum, intitulado Whitney Houston – The 25th Anniversary Deluxe Edition, celebrando seus 25 anos de carreira;  foi homenageada no BET Honors Award, o evento foi realizado no teatro Warner, em Washington, DC e exibido em 29 de Janeiro de 2010. Jennifer Hudson cantou o clássico I Will Always Love You e Kim Burrell cantou I Believe in You.
.
Em 23 de Fevereiro de 2010, Whitney recebeu o NAACP Image Awards por melhor vídeoclipe para I Look To You e também recebeu uma indicação ao Echo Awards, a versão alemã do Grammy, por Melhor Artista Internacional.
..
Whitney Houston compareceu ao evento BET's Celebration of Gospel 2011, em Los Angeles, e surpreendeu o público. Cantou ao lado de Kim Burrel a canção I Look To You, dando muitos "aleluias" e "thank you Lord", comovendo todos os presentes e telespectadores. Assista ao vídeo deste momento.

 

Viajou em turnê pela Ásia, Austrália e Europa, arrecadou uma estimativa de mais de 36 milhões de dólares com os shows.
.
11 de Fevereiro de 2012, sábado: De acordo com o site "TMZ", um representante da artista informou que Whitney morreu durante a tarde em sua casa. A informação foi dada à agência Associated Press, e logo começou a circular. Porém, outra corrente corrigiu a informação noticiando que ela foi encontrada falecida numa suíte do Berverly Hilton, hotel em Los Angeles, EUA. Hospedou-se na cidade para participar do Grammy Award, no domingo, quando homenagiaria o empresário e produtor musical Clavy Davis na premiação do Grammy.
.
A cantora faleceu quando estava no apartamento com uma assistente e dois grarda-costas. Por demorar a sair do banheiro, foi chamada com batidas na porta e não atendeu. A porta foi arrombada. Ela foi encontrada dentro da banheira, com a cabeça submersa na água e os pés levantados encostados na borda. Cogita-se que tenha se afogado após dormir, mas há a hipótese de haver morrido antes de submergir.
.
Os paramédicos foram chamados e compareceram rapidamente, pois estavam no prédio para o evento do Grammy. Tentaram reanimá-la durante 20 minutos, conseguiram ressuscitá-la por alguns instantes, mas a vida voltou por pouco tempo. Ela foi declarada oficialmente em óbito às 15h55 do horário local.
..
Sua mãe declarou que conversou com a filha por telefone, durante meia hora, pouco antes de ela morrer, ligação feita pela Whitney, e não notou nenhum problema. Elas fizeram planejamento para ida ao Grammy e sentarem-se próximas de Diane Warwick, para quem também telefonou em seguida. Não havia vestígios que a cantora consumiu álcool. Drogas ilegais não foram encontradas no quarto, apenas recipientes de medicamentos com prescrições médicas - o ansiolítico Xanax -  para o qual tinha receita. O remédio é clinicado contra a depressão e ansiedade, provoca sedação e sonolência se misturado ao álcool..
.
Em 9 de Fevereiro, quinta-feira, Whitney subiu ao palco de Kelly Price, em Hollywood. Com voz rouca, cantaram juntas em número não combinado a cançãoJesus Loves Me.
.
Na noite de 12 de Fevereiro, Domingo, na festa onde Whitney se apresentaria homenageando Clavy Davis, recebeu homenagem póstuma. A organização do evento escalou a cantora Jennifer Hudson, revelada no programa American Idol, para em tributo a ela, que cantou o tema do filme O Guarda-Costas, I Will Always Love You.
.
Whitney vendeu 170 milhões de álbuns em sua carreira, chegou 30 vezes no topo da parada da Billboard Music Award, 22 American Music Award, ganhou seis prêmios Grammys, dois Emmy Award, e somou um total de 415 prêmios ao longo da carreira.  Planejava lançar um novo álbum neste ano.
.
Que ela possa ter alcançado o maior e melhor prêmio de todos, a vida eterna com Deus.
.
Ela deixou a filha única Bobbi Kristina com dezenove 19 anos.
.
Deus console sua família.
..